Expositores do SICTC satisfeitos com a Fimec 2020

Mostra rendeu bons negócios às empresas de componentes do polo de Três Coroas

A participação dos associados do Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas (SICTC) na 44ª edição da Fimec – Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes, foi considerada bastante proveitosa. O evento foi realizado de 10 a 12 de março, na Fenac, em Novo Hamburgo/RS, com presença das empresas Ambiente Verde, Brocker, Cia Legbá/Pravage, Injetlickz, Maflan, Multicromo e Ssalttec.

A localização privilegiada foi um dos fatores mais elogiados pelos empresários, diferencial viabilizado pela parceria do SICTC com o Projeto Fornece, uma iniciativa conjunta da Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACI) de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae RS), do Movimento em Prol do Vale e, agora, também do SICTC, com apoio dos municípios de Campo Bom, Igrejinha e Novo Hamburgo.

Há mais de 20 anos no mercado de componentes para calçados, Josué Marinho Schell é diretor da Pravage/Cia Legbá. A companhia encarou diversas mudanças ao longo deste período. Começou produzindo escalas, passou para as tiras, pinturas, até que, em 2008, deu início à produção de enfeites injetados e com acabamento metalizado. “Identificamos uma carência de mercado. Muitas empresas da região precisavam ir a Caxias do Sul cromar saltos e passamos a fazer isso em nossa empresa, em Três Coroas”, conta Schell, filho de pais sapateiros.
Uma das novidades que mais chamou a atenção dos visitantes foi um lançamento produzido em parceria com a Villaget, marca de calçados e acessórios sustentáveis criada em Novo Hamburgo/RS. Trata-se de uma palmilha comfort reciclada, resultado da transformação de tênis descartados pelos consumidores da grife em uma “massa” única, que reaproveita tudo no processo. “Percebemos que o público gostou bastante. Vai render ótimas parcerias para ambas empresas. E já estou trazendo este mesmo conceito de produção para uma linha de enfeites reciclados”, avisa ele, para quem a visitação foi ótima. “Estar em um espaço aberto, com várias áreas de passagem, ajudou bastante. A parceria com o Projeto Fornece foi ótima”, elogia Schell.

Quem também percebeu o maior foco dos visitantes em efetivar parcerias foi Mateus Weber, responsável pela pesquisa e desenvolvimento da Ssalttec, empresa especialista em injetados termoplásticos. Entre os produtos de maior interesse estavam as matrizes bicolores, que produzem solados neste estilo. “Atendemos muitos argentinos, que gostam deste tipo de material”, conta ele. Por ser mais complexa e de difícil produção, a companhia especializou-se e hoje consegue oferecer o que chama de “atendimento express”, modalidade em que consegue entregar a peça-piloto em 30 dias e, após aprovada, produzir o pedido em 45 dias. “Estamos nos tornando referência neste processo”, comenta Weber.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s