“Acredito na retomada”

Renato

Por Renato Klein 

Presidente do Sindicato da Indústrias de Calçados do Estado do RS (Sicergs) 

“Tudo começou na década de 1990, quando os Estados do Nordeste declararam guerra ao calçado do Sul, oferecendo ICMS zero e imposto de renda praticamente zero também. Aí começou um movimento de grandes empresas migrarem para Ceará, Bahia, por uma questão de competitividade. O calçado chinês já era uma realidade nesta época. Neste período, já buscávamos agenda com os governadores e nunca éramos ouvidos. O governador Eduardo Leite foi muito sensível quanto à nossa reivindicação. Por si só, o Estado também não podia fazer tudo. Outros polos conseguiram readequar o ICMS, como Santa Catarina, São Paulo, então alguma coisa precisava ser feita. Esta readequação chama a indústria de volta ou pelo menos evita que se perca mais indústrias para outros Estados. Acredito na retomada. Todo cluster está aqui e penso que, aos poucos, as empresas gaúchas devem voltar. Enquanto diretor industrial da Piccadilly (Igrejinha), estamos com nossa equipe revendo cálculos para avaliar as vantagens de termos a distribuição no Espírito Santo ou retornar ao RS. Não é minha área, mas acredito que teremos surpresas pela frente, também de outras empresas que estão lá”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s